As raízes do Hospital Infantil Lucile Packard (LPCH) devem ser buscadas no Lar Infantil para Crianças Convalescentes de Stanford fundado em 1919. Atualmente oferece uma ampla gama de tratamentos e serviços e conta com mais de 650 médicos e 4.750 trabalhadores e voluntários. O LPCH é um hospital público, não lucrativo, de classe internacional dedicado inteiramente ao cuidado de bebês, crianças, adolescentes e futuras mamães, contando com uma extensa rede de serviços comunitários e sociais em dezenas de localidades da zona da Baía de São Francisco e na periferia da zona noroeste do Pacífico.

Busca de Novos Métodos de Treinamento em RCP

Há dois anos o Centro de Especialização em Enfermagem do LPCH começou a pesquisar métodos alternativos de treinamento para o ensino de técnicas de RCP a famílias no momento de receber alta, com o objetivo de oferecer um melhor serviço às necessidades do paciente e do hospital. Após ver o programa de auto-aprendizagem “RCP a Qualquer Hora para Familiares e Amigos” da Associação Americana do Coração, foi iniciado um estudo para avaliar a eficácia deste tipo de estudo em pacientes de alto risco.

Lynda Knight, instrutora em ressuscitação e suporte clínico à vida no centro afirmou que: "A motivação subjacente no estudo de observação foi a esperança inicial e o objetivo de que o LPCH padronizasse e estabelecesse um precedente na hora de fornecer o treinamento necessário em RCP para que os pais de bebês e crianças de alto risco possam dar socorro.”

O Veredito

Foram apresentados os dados aos membros da direção do hospital para sua avaliação, após uma completa revisão, e se chegou à conclusão de que o RCP a Qualquer Hora podia ajudar o LPCH a oferecer um programa de treinamento eficaz, sem os problemas logísticos nem os desafios de gestão de recursos aos quais já tinham enfrentado com os métodos tradicionais de treinamento. Além disto, o estudo confirmou que os pais "valorizavam positivamente o treinamento com RCP a Qualquer Hora e que se sentiriam confortáveis fazendo a RCP em seus filhos após revisar e estudar com o kit RCP a Qualquer Hora se fosse necessário.”.

As conclusões do estudo venceram as objeções específicas que o pessoal interno do hospital tinha apresentado anteriormente e suas conclusões determinaram que desde este instante os protocolos para admissão e dar alta requerem o uso exclusivo dos kits RCP Qualquer Hor apara treinamento em RCP no LPCH.

O treinamento para dar alta começa no momento da admissão e os kits são distribuídos entre as famílias de pacientes cuja equipe médica considere que aproveitarão as vantagens de aprender a fazer a RCP com assistência necessária fornecida pelos enfermeiros. A decisão de quem recebe um kit gratuitamente é tomada pelo médico do paciente, enfermeiro credenciado ou especialista em fisioterapia respiratória. É requerida a ordem do médico para distribuir o kit. O hospital também planeja a venda dos kits de RCP na loja de presentes do hospital, permitindo ampliar o treinamento ao restante de membros das famílias.

Melhores Resultados

Os testemunhos das famílias determinaram que se sentiram muito contentes em receber o kit. O hospital reduziu o tempo que o enfermeiro credencitado necessita gastar con os pais, já que os kits contém um programa de auto-aprendizagem que permite que os enfermeiros continuem com o restante de suas responsabilidades. O hospital comprovou que foi reduzido o número de altas atrasadas que esperavam até que um enfermeiro credenciado estivesse disponível para completar o ensino. A pesquisa também demonstrou que após seis meses em média, os pais compartilham os kits e transmitem seus conhecimentos sobre RCP a outros membros de sua família ou amigos.                               

Lynda Knight conclui: "Espero que outros hospitais infantis sigam os passos do LPCH ao implementar este método padronizado, eficaz e altamente inovador para oferecer treinamento em RCP".