Inga-Britt de Lesja, Noruega, reagiu instantaneamente à parada cardíaca e colapso que sofreu seu pai enquanto estavam jantando. O primeiro que fez foi chamar uma ambulância. Depois, explicou a sua mãe como fez a RCP em seu pai. 

Inga-Britt acabava de aprender a facer a RCP durante um recente projeto escolar e foi capaz de aplicar o que aprendeu em uma situação real. Na chegada da ambulância, o pessoal reconheceu o grau de primeiros socorros fornecidos, através do qual puderam aplicar uma fase mais avançada de tratamento. "Não cabe dúvida de que Inga-Britt contribuiu para salvar a vida de seu pai com seus conhecimentos e a maneira com que se comportou", afirma Steinar Sørlie, secretário geral das Ambulâncias Aéreas Norueguesas.

Servindo de Inspiração  

O Prêmio de Salvamento foi concedido pela primeira vez por ocasião do congresso do 30º aniversário das Ambulâncias Aéreas Norueguesas, comemorado em Gardermoen, e se converterá em um evento anual nos próximos anos.   

"Queremos honrar as pessoas que tem se esforçado. Outra de suas aspirações é a de servir de inspiração para adquirir conhecimentos em RCP. Nossa principal ambição é conseguir que as pessoas se ajudem a si mesmas nestes minutos críticos antes da parte profissional da cadeia de sobrevivência estar disponível", afirma Steinar Sørlie. Enfatiza o fato de que quantas mais pessoas adquirirem conhecimentos básicos de primeiros socorros, mais vidas poderão ser salvas.

Ensinando Crianças

Inga-Britt Morken adquiriu seus conhecimentos em primeiros socorros através de um projeto escolar desenvolvido pelas Ambulâncias Aéreas Norueguesas e seu amplo programa de treinamento em RCP, dirigido aos milhares de estudantes de 7º grau das regiones do leste e do sul da Noruega. 

"Os primeiros socorros formam parte do plano de estudos de 7º grau e temos organizado um projeto pelo qual cada estudante deste grau recebe um kit pessoal de RCP, com um manequim e um DVD de apresentação. Eles levam este kit para suas casas e ali podem ensinar aos seus familiares. Isto nos permite ensinar os adultos através das crianças", explica Steinar Sørlie. 

A campanha de treinamento é financiada por meio de doações de membros das Ambulâncias Aéreas Norueguesas.