O Hospital Universitário de Stavanger de caráter público e localizado em Stavanger, Noruega, é o quarto maior do país e proporciona serviços sanitários gerais aos 300.000 habitantes da região e especializados como, por ex., APC e neurocirurgia a 470.000 pessoas. A cada ano dão entrada cerca de 65.000 pacientes e este número não deixa de crescer. O hospital de 700 leitos proporciona emprego a 5.500 pessoas, incluindo 1.600 enfermeiros e 600 médicos. As atividades principais consistem no tratamento de pacientes, pesquisa, treinamento de pessoal sanitário e a assistência a pacientes com seus familiares imediatos. Mais de 70% de todas as hospitalizações são realizadas por urgências.

O Objetivo de Elevar as Habilidades em Suporte Básico à Vida para Todos

O Hospital Universitário de Stavanger já era coberto de forma otimizada com instrutores em RCP pertencentes a seu próprio pessoal sanitário, mas a direção do hospital expressou seu desejo de ampliar esta treinamento em RCP a todo o pessoal. O objetivo era elevar as habilidades para todos os funcionários do hospital para que pudessem realizar RCP em caso de ser testemunhas de uma parada cardíaca, independente de seus antecedentes profissionais. Outro objetivo era o de proporcionar treinamento ao maior número de familiares possíveis. Como o treinamento de grupos com Mini Anne / RCP a Qualquer Hora permite treinar um grande número de pessoas ao mesmo tempo e completar um curso de treinamento em RCP em menos de 30 minutos, o Hospital Universitário de Stavanger considerou que este conceito de treinamento seria mais eficaz e com preço acessível. Deste modo, o hospital fixou o objetivo de formar mais de 5.000 funcionários e realizar esta tarefa em menos de seis meses.

Financiamento

O Hospital Universitário doou um kit MiniAnne / RCP a Qualquer Hora a cada funcionário. O kit inclui um manequim inflável (adequado para ventilação boca a boca e compressões no peito) e um DVD interativo de instrução de 24 minutos de duração.

O hospital colaborou estritamente com o conselho de ressuscitação local para se assegurar de que seus planos de estudo cumprissem com as diretrizes de ressuscitação de 2005 para suporte básico à vida.

Planejamento do Projeto

O programa de treinamento para todo o pessoal do hospital em um período de seis meses foi anunciado com pôsteres, folhetos e em sua Intranet, e foi acompanhado com informações sobre paradas cardíacas (como números, tipo de pessoas que sofrem disto, porcentagens de sobrevivência e informações sobre vantagens de levar à residência o kit Mini Anne / RCP a Qualquer Hora, gratuitamente, para treinar familiares e amigos).

Instalações para o Treinamento de Grupos

Foi reservada uma sala de reuniões com capacidade para 50 participantes e instalado um aparelho de DVD, um amplificador e uma grande tela. Foram programados nove dias para sessões de treinamento em grupo, permitindo aos participantes assistir em no momento que resultasse a eles mais conveniente. Em cada sessão de treinamento se contou com a assistência de dois facilitadores, sendo proporcionado treinamento a 50 funcionários. Foi elaborada uma lista para registrar os funcionários do hospital que assistiram o curso e levaram consigo o kit Mini Anne / RCP a Qualquer Hora. Foi solicitado aos funcionário que se registrassem livremente para o treinamento voluntário em RCP. A todos os que não puderam ou não quiseram se registrar para o treinamento em grupo, foi oferecido a eles a possibilidade de serem treinados com o kit Mini Anne / RCP a Qualquer Hora em suas próprias salas, escritórios e residências. Os diretores dos departamentos clínicos se responsabilizaram pelo treinamento dos funcionários que não puderam assistir ao treinamento em grupo.

Resultados

Mais de 5.000 funcionários completaram o treinamento em RCP durante o período de 6 meses programados e os participantes informaram que suas capacidades no suporte básico à vida tinham melhorado notavelmente após o curso. Leif Moen, instrutor em RCP, afirma que todos desfrutaram o treinamento lado a lado, independente de seus antecedentes profissionais e que deste modo o treinamento resultou mais divertido. Para avaliar a eficácia do treinamento do kit MiniAnne / RCP a Qualquer Hora, e não sua popularidade, foram selecionados aleatoriamente cerca de 60 funcionários e avaliados seus conhecimentos em RCP antes do treinamento e novamente após 6 meses. A segunda avaliação demonstrou que a média de compressões no peito realizadas corretamente havia dobrado após o curso.

Custo Estimado do Treinamento

O custo de cada kit MiniAnne / RCP a Qualquer Momento para o Hospital Universitário foi de menos de 30 euros. 11 funcionários dedicaram 370 horas de trabalho no total para a organização e realização da campanha (4 minutos por funcionário) e cada funcionário demorou 30 minutos para realizar o curso.